BOYISH

Estilistas derrubam fronteiras entre roupas masculinas e femininas.

A sacada de grifes como as italianas Prada e Gucci, que desfilaram em Milão, e das americanas Michael Kors e Diane Von Furstenberg, duas das principais marcas que se apresentam na semana de moda em Nova York, foi misturar as bolas para cravar terninhos com saias ou cores adocicadas e silhuetas ajustadas. A corrente “boyish” (termo fashion para visual masculino em roupa de mulher) é tão forte que emblemas da feminilidade como Gucci e a francesa Givenchy fundiram alfaiataria militar a um teor romântico.

lllllllllO Brasil também está nessa mistura de closets. “Não cabe mais discutir se é roupa de mulher ou de homem. Isso tudo soa ultrapassado aos olhos do consumidor de moda. O importante é o que cada roupa transmite”, disse a estilista Raquel Dawidovicz, da grife Uma.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s