A biografia de Yves Saint-Laurent nos cinemas

Para os amantes de moda e cinema, em cartaz em São Paulo o filme :

Saint Laurent

gaspard-ulliel-yves-saint-laurent-poster

O filme conta a história do estilista Yves Saint-Laurent. Entre os anos 1967 e 1976, o estilista Yves Saint-Laurent (Gaspard Ulliel) reinou sozinho no mundo da alta costura francesa. Esta biografia mostra o seu processo criativo, as fotografias e entrevistas polêmicas, a relação com o marido e empresário Pierre Berger (Jérémie Renier), os casos amorosos extra-conjugais e a relação com o álcool e as drogas, que quase destruíram o império da marca YSL.

O longa-metragem de 2 horas de duração foi o filme escolhido pela França para concorrer ao Oscar de melhor filme estrangeiro.

Confira o trailer:

Dica cultural para o final de semana

Tim-Maia-O-Filme

Só tem um jeito de não gostar de Tim Maia: não conhecendo Tim Maia.

“Mais grave, mais agudo, mais eco, mais retorno, mais tudo!” O grito de guerra de Tim Maia ainda ecoa nas festas de todas as gerações, idades e classes sociais, onde sua música é sinônimo de alegria e romance. Transgressor, amoroso e debochado, Tim se consagrou como um dos artistas mais queridos e respeitados da música brasileira. E depois de sua passagem, a música brasileira nunca mais foi a mesma.

tim maia 2

Sua transformação e algumas das mudanças que ele trouxe para a música brasileira estão presentes em Tim Maia (2014), cinebiografia dirigida e roteirizada por Mauro Lima. O filme com um elenco incrível tem como principais atores Robson Nunes e Babu Santana dividindo o papel do protagonista na juventude e já na sua idade adulta.

O filme percorre cinquenta anos na vida do artista, desde a sua infância no Rio de Janeiro até a sua morte, aos 55 anos de idade, incluindo a passagem pelos Estados Unidos, onde o cantor descobre novos estilos musicais e é preso por roubo e posse de drogas.

O filme já chegou nos cinemas e você não pode deixar de assistir!

Deixo aqui o trailer para te dar um gostinho de quero mais, e uma música que eu particularmente adoro.

Adeus, minha rainha!

Maria Antonieta é um dos personagens mais debatidos na história francesa e um símbolo importante para a trajetória da moda. Alguns filmes tentaram apresentar o mais próximo sobre o legado da jovem rainha. Em 1938, Maria Antonieta,  foi baseado no livro de Antonia Fraser e em 2006 a versão de Sofia Copolla, era focada no brilho e glamour da rainha até o momento do fracasso. Farewell, My Queen (“Adeus, minha rainha”) é mais uma versão polêmica!  Baseado no romance de mesmo nome por Chantal Thomas, o filme narra um estranho romance entre Maria Antonieta e uma de suas amas. Os figurinos que são puro encanto para os olhos, são produzidos por Christian Gasc e Ranchoux Valérie. Um filme um tanto quanto intrigante, assim como sua protagonista: Maria Antonieta.

O filme ainda não tem data prevista para a estréia aqui no Brasil, enquanto isso…assista o trailer: